terça-feira, novembro 07, 2006





















Foto:(Espírito da Luz)
Procurei por ti
o repercutido som da brisa da noite
o sentido das palavras
a água transparente que corre no rio
um navio a deslizar no mar
a paixão obsessiva pelas estrelas
o ruído latejante dos sonhos
as cores do arco-iris explodindo
como foguetes em final de ano
a neve que escorre nas montanhas
todo o meu ser
procura-te.
Descobri
teu rosto reluzente
doce era a tua alma.
Acordei, sonhava-te!
invento-te e o céu
escurece
sobre esta triste condição.
O meu amor por ti
é uma rua que começa.
A luz irrompe onde nenhuma
estrela brilha.
A noite torna-se longa
e tudo à minha volta entristece.
Estranho-me,
Procuro-te uma vez mais
mas não te encontro.
(lisa)

18 Comentários:

Blogger daniel sant'iago disse...

Um banho de metáforas!
Ora ainda bem que voltaste...
Beijo.

4:57 da tarde  
Blogger lisa disse...

"daniel"
Ora nem mais, obrigada és sempre bem vindo.

Beijo e hoje com abraço.

6:16 da tarde  
Blogger ailéh disse...

deveras melancólico como o sentir de outono..

beijo abraçado

12:59 da tarde  
Blogger Sophie disse...

Lindo Lisa!!!!
Por vezes, procuramos o que não existe e encontramos apenas o que existe.
Um beijo enorme para ti.

2:37 da tarde  
Blogger lisa disse...

"ailéh"
Entre o sentir...
o estar...o ser...

O Outono encaixa na perfeição.

Beijo amiga.

2:59 da tarde  
Blogger lisa disse...

"sophia"
E quando menos esperamos eis que achamos...

:-)

Beijo.

3:00 da tarde  
Blogger Pierrot disse...

Mmmm:

Pois é Lisa, se a foto aguça o apetite e desperta os sentidos, o teu poema aviva as paixões...

Se procuras e uma vez mais não o encontras, ainda assim, não desistas pois nestas coisas no amor, bate-nos à porya quando menos se espera...e ás vezes nem vamos atender!

Bjos daqui e parabéns
Eugénio

4:26 da tarde  
Blogger lisa disse...

"pierrot"
Sem dúvida que quando menos esperamos as coisas acontecem.

Fico contente por voltares às minhas noites de lua cheia.

Beijo.

4:44 da tarde  
Blogger Cocas disse...

Ás vezes procuramos no sitio errado, e quando nos encontramos em outro que nada esperariamos encontrar...eis que algo aparece :)

10:40 da tarde  
Blogger lisa disse...

"sophia"
Bem vinda de novo e obrigada pelo carinho.

:-)

Beijo.

10:50 da manhã  
Blogger Fúria das Águas disse...

Desculpe a demora em vir retribuir tua visita querida, mas ando meio atarefada, hoje consegui atualizar minha casa e visitar os amigos.
Amei o poema,apesar de triste.
Um beijo
Fica bem

3:35 da tarde  
Blogger Luna disse...

mas não te lembres de desistir... beijo rubro

4:38 da tarde  
Blogger lisa disse...

"furia das aguas"
Mais vale tarde do que nunca.
Valeu a espera.

:-)

Beijo.

5:47 da tarde  
Blogger lisa disse...

"luna"
Desistir...nunca...

:-)

Beijo.

5:48 da tarde  
Blogger goticula disse...

Lindo!
Obrigada pelas tuas visitas, tenho andado um pouco atrapalhada com trabalho.
Mas voltarei com mais tempo.
beijinho

11:30 da manhã  
Blogger della-porther disse...

linda imagem e texto.
triste e lindo.

beijos

della

8:02 da tarde  
Blogger lisa disse...

"goticula"
Obrigada.
Ficarei à espera.

Beijo.

12:17 da tarde  
Blogger lisa disse...

"della-porther"
Obrigada.
Tristes mas sentidas...

Beijo.

12:18 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial