sexta-feira, março 31, 2006















Foto: (Gonçalo Trafaria)

...Que a força do medo que tenho
não me impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo que acredito
não me tape os ouvidos e a boca.

Porque metade de mim é o que eu grito,
mas a outra metade é silêncio.

Que a música que eu ouço ao longe
seja linda, ainda que triste.
Porque metade de mim é partida
e a outra metade é saudade...

(Clarice Inspector)

1 Comentários:

Anonymous Filipe Duarte disse...

Quem quer que sejas parabens pelo blog e pelas imagens magnificas.

9:28 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial