terça-feira, abril 11, 2006













Foto:(A.Brito)

...Um corpo rasteja perante a perspectiva

do prazer do meu corpo.
Poucos instantes depois
começa o meu corpo a rastejar
na perspectiva do prazer do outro corpo.
Até que se encontram. E tocam. E tudo
o resto que não é possível imaginar.
Algum tempo indefinido depois
os dois corpos reencontram-se...

(Mário Máximo)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial