terça-feira, julho 05, 2005


Na cor do som
Escuto o pensamento.
O caminho é eterno
No gesto,
Na flor que desabrocha
Do regaço virgem
E no mistério de um murmúrio.
Foi uma pincelada de música
No silêncio da noite
Com o sorriso e a magia do olhar.
A cor do silêncio
(Jorge Neto De Melo)




0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial